terça-feira, dezembro 28, 2004

que venham rosas




que venham rosas descer pela chaminé
e outros sinais avancem em direcção ao sonho.
que o mar vagueie terno pela terra,
sem cadáveres,
pernoite nas palavras,
saliente em hélice o hálito do amor.
e uma lua cresça no teu corpo
na serenidade das coisas que te acordam
como uma flor
na verdade que outros sois inventam.

mariagomes
28.dez.2004

7 comentários:

Márcia Maia disse...

que beleza, Maria! um beijo.

Peter disse...

Ando a visitar os blogs com os quais nos linkamos e a desejar um Bom 2005 (hummm...).

Anónimo disse...

muito obrigado pelo comentário tão elogioso. é uma grande satisfação e uma força para querer escrever mais. tentarei. gostava de escrever sim. a sério. de editar e assim. muito. continuarei com humildade. obrigado.
wilson t. do escrita solta.

Márcia disse...

Agora, voltei pra deixar um beijo de ano-novo. Tudo de bom.

mariagomes disse...

obrigada, meus amigos

felicidades para todos, no ano que se inicia

um abraço

Anónimo disse...

Um bom ano 2005 pª si. Azul Cobalto

ps - gosto mto deste template

mariagomes disse...

um bom ano também para si, m.

o meu agradecimento e um abraço

mariagomes

ps- o "vestido" já estava justo!

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Podes entrar ; tenho as mãos para dizer o disperso canto das águas. Os meus olhos, alagados pelo grito das árvores, são lúcidos ao início do sol. Com o amor das coisas, rejubilo e lanço os braços a um rodopio doce e futuro, a uma tempestade humana. Tudo o que eu espero é sentir o elo da criação que se move, entre mim e ti, e a claridade. ____________mariagomes
Estou no Blog.com.pt

Free Site Counters



Free Site Counters