sexta-feira, dezembro 30, 2005

"Genus irritabile vatum"
"Expresión de Horacio " ("Epístolas")


La poesía no es confiable:
es poesía.

*

No siendo poesía
la mala poesía
es confiable.

*

Si un poema no llega a ser un poema
no es un poema:
es lo que es

Un verdadero poema no es lo que es.

*

El poeta previsible
no es invisible
Al ser visible
no es poeta.


Rolando Revagliatti

"La raza irritable de los poetas", 1999

2 comentários:

Polux2 disse...

A poesia é

um caleidoscópio de
pérolas e flores de vidro
que espelham
um coração aflito.

Vitrais estilhaçados de mágoa
que o poeta solta, como estrelas,
no véu azul da solidão.

Migalhas de labareda e cinza.

Um choro.
Uma fuga.
Uma melodia rubra.
Uma ave ferida.
Um nó de alma e sangue,

Uma maldição!


Penso que este poema da Semíramis ficará bem aqui.

Gosto de visitar o seu belo jardim.

J T Parreira disse...

Maria Gomes, gostei do seu Blog e dos poemas. Se quiser visitar o meu, aqui vai: www.poetasalutor.blogspot.com

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Podes entrar ; tenho as mãos para dizer o disperso canto das águas. Os meus olhos, alagados pelo grito das árvores, são lúcidos ao início do sol. Com o amor das coisas, rejubilo e lanço os braços a um rodopio doce e futuro, a uma tempestade humana. Tudo o que eu espero é sentir o elo da criação que se move, entre mim e ti, e a claridade. ____________mariagomes
Estou no Blog.com.pt

Free Site Counters



Free Site Counters