domingo, fevereiro 05, 2006

tendem para uma religiosidade transitável
mas eu não sei para onde nos levam as palavras

por vezes vejo-as detonarem a agudeza do sangue


como aves a povoarem
devagarinho
o retumbar da marimba da ressurreição.


mariagomes
fev.2006

2 comentários:

José Félix disse...

maria

eu prefiro ler a palvra «religiosidade» no sentido estrito e etimológico do termo: ligação.do latim religare
um belo poema onde se flutua na leitura.

Luiz Roberto Lins Almeida disse...

essas palavras que nos perseguem em forma de poema, em forma de contos em forma de sons... essas palavras que nos religam ao divino.

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Podes entrar ; tenho as mãos para dizer o disperso canto das águas. Os meus olhos, alagados pelo grito das árvores, são lúcidos ao início do sol. Com o amor das coisas, rejubilo e lanço os braços a um rodopio doce e futuro, a uma tempestade humana. Tudo o que eu espero é sentir o elo da criação que se move, entre mim e ti, e a claridade. ____________mariagomes
Estou no Blog.com.pt

Free Site Counters



Free Site Counters