sexta-feira, junho 24, 2005

onde ouvir histórias


welwitcha mirabilis, deserto do Namibe, Angola, fotografia de mariagomes



onde ouvir histórias com deus
e o deserto?
sabes, as espinheiras em declínio, exactas,
peremptoriamente
querem escolher dunas

e o esquecimento irrompe de uma chuva de claves.
deus desapareceu no deserto
a escrever versos muito verdes muito
verdes.

mariagomes
24dejunho.2005

8 comentários:

Márcia disse...

muito verses. muito verdes...

beijo de são joão e de inverno, maria.

Anónimo disse...

o terno e-terno aqui,
em tuas palavras, Maria

beijo de admiração e carinho
El

Alma do Beco disse...

Maria, dê uma olhada: www.aguaforte.com/.../ AsFestasJuninas.html
Dunga
www.almadobeco.blogspot.com

Sérgio A. Correia disse...

Gostava de convidar todos os comentadores deste excelente blogue, bem como o seu autor, a darem uma espreitadela ao meu modestíssimo blogue:

http://oimprevisto.blogspot.com

Obrigado pela vossa visita

r.e. disse...

a simplididade das coisas mais belas... é mágico vir aqui. beijinho. J.

Anónimo disse...

Maria, estiveste em Angola? É que eu nasci lá. Um beijinho muito especial.

Wilson T, do Escrita Solta (www.escritasolta.blogger.com.br)

mariagomes disse...

Obrigada Márcia, El, Sérgio( assim que fôr possível irei visitar o teu blog), Jorge "da madrugada" ( será que vai colar o apelido? fora de brincadeiras, o teu blog tem um nome lindíssimo, e em si, nele incorporas igual beleza)

Márcia não consegui chegar ao "água forte", ao endereço que me indicas, se posssível envia-me em pvt, ok?

Wilson T, eu nasci em Angola, e tu também ( logo vi!)


beijinhos a todos
maria

Márcia disse...

Foi Eduardo(Dunga) quem indicou o site, Maria. Tb não consegui entrar.

Beijo.

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Podes entrar ; tenho as mãos para dizer o disperso canto das águas. Os meus olhos, alagados pelo grito das árvores, são lúcidos ao início do sol. Com o amor das coisas, rejubilo e lanço os braços a um rodopio doce e futuro, a uma tempestade humana. Tudo o que eu espero é sentir o elo da criação que se move, entre mim e ti, e a claridade. ____________mariagomes
Estou no Blog.com.pt

Free Site Counters



Free Site Counters