segunda-feira, outubro 17, 2005


(W. Eugene Smith in art.transidex.ro)



Ao despertar, nesta manhã cinzenta de chuva, a Sofia* exclamou:

-" Avó, apagaram a rua!"


(*Sofia Gomes, 3 anos)


mariagomes
Coimbra,17 , out.2005

7 comentários:

hfm disse...

Esta menina tem nos olhos a alma.

irina disse...

Parece que a poesía e os meninos são boms amigos...

Mascheras disse...

infinitamente doce...
1 bj

Anónimo disse...

a alegria de testemunharmos a inteligência das crianças, e a tristeza de elas terem razão...linda Sofia !
carlos peres feio

Anónimo disse...

Hey nice info you posted.
I just browsing through some blogs and came across yours!

Excellent blog, good to see someone actually uses em for quality posts.

Your site kept me on for a few minutes unlike the rest :)

Keep up the good work!

Thanks!.

terragel disse...

As criaças são capazes de certas deduçõe que nos fazem maravilhados, elas percebem as essências dos essenssiais, coisas que com nossa carga de preocupação e calejados pelos reverses do mundo não conseguimos enxergar, somente elas conseguém, porque ainda tem marcado em sua alma o timbre da inicência.
Abraço

f.s.m. disse...

A beleza no sentir e no falar de uma criança. Um beijo para a Sofia.
Fernanda.

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Podes entrar ; tenho as mãos para dizer o disperso canto das águas. Os meus olhos, alagados pelo grito das árvores, são lúcidos ao início do sol. Com o amor das coisas, rejubilo e lanço os braços a um rodopio doce e futuro, a uma tempestade humana. Tudo o que eu espero é sentir o elo da criação que se move, entre mim e ti, e a claridade. ____________mariagomes
Estou no Blog.com.pt

Free Site Counters



Free Site Counters