sexta-feira, julho 15, 2005

difícil aventura

vem comigo fazer a tal viagem.
a poesia foi pensada
na funda, difícil, aventura de filtrar o que somos.
oferece-me um rio,
o outro lado
do trigo que sobrou da eternidade.

mariagomes
julho.2005

4 comentários:

Maria do Céu disse...

Lindo, Maria! Beijinhos, Maria do Céu.

Torquato da Luz disse...

Muito bonito. Um beijo.

Tutti disse...

Já faz algum tempo, Maria, aceitei teu convite e, desde então, tenho sido tua companheira nesta viagem que me proporcionas em palavras. Se quase nunca percebes minha presença, é porque filtro-me no silêncio, muitas vezes.

mariagomes disse...

o meu agradecimento aos três.
tutti, nem sempre o silêncio significa ausência, eu sei.

beijinhos da
maria

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Podes entrar ; tenho as mãos para dizer o disperso canto das águas. Os meus olhos, alagados pelo grito das árvores, são lúcidos ao início do sol. Com o amor das coisas, rejubilo e lanço os braços a um rodopio doce e futuro, a uma tempestade humana. Tudo o que eu espero é sentir o elo da criação que se move, entre mim e ti, e a claridade. ____________mariagomes
Estou no Blog.com.pt

Free Site Counters



Free Site Counters