sexta-feira, julho 01, 2005

talvez a terra se converta,
e volte co'a flor vermelha.

olha, nunca mais eu vou morrer.
piazzolla tocou, ontem, pela enésima vez.
é preferível que do campo se livre um outono, como a morte.

mariagomes
1julho.2005

2 comentários:

r.e. disse...

sem título, também o meu comment. o sorriso que fica. depois só o silêncio que subjaz a cada coisa bela. beijinho. J.

mariagomes disse...

será isto poesia?
(interrogo-me tanta vez, tenho tantas dúvidas, sempre)

as tuas palavras são um conforto. obrigada,

beijinho da
maria

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Podes entrar ; tenho as mãos para dizer o disperso canto das águas. Os meus olhos, alagados pelo grito das árvores, são lúcidos ao início do sol. Com o amor das coisas, rejubilo e lanço os braços a um rodopio doce e futuro, a uma tempestade humana. Tudo o que eu espero é sentir o elo da criação que se move, entre mim e ti, e a claridade. ____________mariagomes
Estou no Blog.com.pt

Free Site Counters



Free Site Counters